Curso de Forró, Aula de Forró
 
Curso de Forró com Paulo Aguiar
Curso de Forró na vila olimpia
Curso de Forró Universitário

Na Escola de Dança Paulo Aguiar, você tem aulas de forró .
A escola fica na rua Clodomiro Amazonas, 743 sala 3 itaim bibi São Paulo.


Clique aqui para ter mais informações



Video aula de Forró com Paulo Aguiar

Dvd de ForróAula de forró

 

 

 

Aula de Forró em dvd

Aprenda a dançar Forró com o Paulo Aguiar vol .1

O curso de forró vol.1 é ensinado pelo professor Paulo Aguiar , passo a passo , desde o passo básico  até o nível  intermediário , contendo uma boa seleção passos de forró , com uma duração de 75 minutos

Passos de forró:

Forró Universitário:

1-BÁSICO LATERAL (DOIS PRA LÁ E DOIS PRA CÁ)
2-BÁSICO FRONTAL (VAI E VEM)
3-COMBINAÇÃO DOS BÁSICOS
4-ABERTURA
5-SAÍDA BÁSICA COM O GIRO DA DAMA
6-GIRO DA DAMA COM TRAVA
7-RODADA BÁSICA
8-CHAVE DE BRAÇO
9-CHARMINHO

10-PIÃO PARA DIREITA

Fones. (11) 3486-8152
E-mail: contato@pauloaguiar.com

 Clique aqui para ver os outros vídeos

R$ 35,00

 

Vídeos de forró
Nessa amostra, o paulo aguiar ensina um trecho da saída básica com o giro da dama.
CLIQUE NO PLAY


Show de forró

Vídeos de forró

Origem do Forró

A História do Forró

Quem diria que um dia veríamos os jovens das grandes cidades brasileiras, acostumados a idolatrar artistas estrangeiros enlouquecidos por causa de um ritmo que até pouco tempo atrás sofria grande preconceito.....Pois, é isso o que está acontecendo com o forró, essa mistura “ altamente inflamável” de ritmos africanos e europeus que aportaram no Brasil no início do século. O nome “forró” já é controverso, pois, há quem diga que vem de “ for all” (em inglês “ para todos”) e que indicava o livre acesso aos bailes promovidos pelos ingleses que construíam ferrovias em Pernambuco no início do século; no entanto, há quem defenda a tese de que a palavra forró vem do termo africano “forrobodó”, que significa festa, bagunça. E se a própria palavra possui esta dupla versão para seu significado, imagine os ritmos que compõem o forró ! São tantos e tão diferenciados, que não deixam dúvida sobre de onde vem a extrema musicalidade do forró. Afinal, uma música que tem entre suas influências ritmos tão diversos como o baião, o xote, o xaxado, o coco, o vanerão e as quadrilhas juninas, só poderia mesmo originar uma dança que não deixa ninguém parado.

O baião, por exemplo, era dançado em roda e nasceu no nordeste do Brasil no século XIX.

Já o xote, tem sua origem no final do século XIX e é um ritmo de origem européia que surgiu nos salões aristocráticos da época da regência. E por aí, vai.

Mas, se são muitas e diferenciadas as influências musicais que deram origem ao forró e se há controvérsias quanto ao surgimento da própria palavra, há um ponto no qual todos concordam: se não fosse Luiz Gonzaga, o forró não teria caído no gosto popular e não seria o sucesso que é hoje. O “Velho lua”, como era conhecido, foi quem tirou o forró dos guetos nordestinos e apresentou-o para o público das outras regiões do país. Isso aconteceu em 1941 quando ele se inscreveu e venceu um concurso da Rádio Nacional que procurava novos talentos. Mas, antes de tocar no rádio, o Velho Lua amargou uma fase de pouco dinheiro e prestígio, animando a noite em prostíbulos e bares do Rio de Janeiro.

No entanto, depois de vencer o preconceito do diretor artístico da rádio, que o proibia até de usar as roupas típicas do caboclo nordestino e que seriam depois sua marca registrada, Luiz Gonzaga, foi aos poucos conquistando o país inteiro com seu forró. Por essas e outras, Luiz Gonzaga ficou conhecido nacionalmente como o “ Rei do Baião” consagrando de norte a sul do país e até no exterior, este ritmo que atualmente esquenta as noites de 9 entre 10 capitais do Brasil. Atualmente, o forró está novamente no auge do sucesso e vem conquistando adeptos entre os jovens e adolescentes de todo país. Esta procura por um ritmo que até pouco tempo, era visto com preconceito, está novamente mudando “ a cara” do forró.